Weby shortcut
Mestrado banner

Proposta e estrutura

Atualizado em 09/06/17 11:52.

COORDENAÇÃO

A atual coordenação do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da FIC-UFG é:

Coordenador: Dr. Tiago Mainieri Oliveira (tiagomainieri@hotmail.com)

Vice-Coordenador: Dr. Dalton Lopes Martins (dmartins@gmail.com)

__________________________________________________________________________________________________________

HISTÓRICO

O Programa de Pós-Graduação em Comunicação, em nível de Mestrado, da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC) da Universidade Federal de Goiás (UFG) teve sua primeira turma em 2007, exatamente 10 anos depois de a faculdade ter conquistado uma estrutura institucional relativamente autônoma. A então Faculdade de Comunicação e Biblioteconomia (Facomb) foi instalada pelo reitor Ary Monteiro do Espírito Santo em 20 de agosto de 1997.

A autonomia era um sonho dos idealizadores dos cursos de Comunicação da UFG, que antes eram integrados ao Departamento de Comunicação Social do Instituto de Ciências Humanas e Letras da universidade. Também em 1997, um novo curso começa a funcionar na nova Facomb, o de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda. Já eram oferecidas as graduações em Jornalismo, o primeiro da área, criado em 1966 (a primeira turma é de 1967), Relações Públicas e Biblioteconomia.

O número de alunos aumentou e, aos poucos, a faculdade, que hoje se chama Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), vem aumentando seu quadro docente e os esforços para a permanente melhoria da qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão. A instituição também promove, em número significativo, eventos para os quais convida especialistas do mercado de trabalho e pesquisadores de ponta nas áreas cobertas pelas várias disciplinas e pela própria tematização do ensino de Comunicação Social.

Publicação

Desde 1998, a FIC publica o periódico Comunicação & Informação. Um espaço de divulgação da produção científica nacional, a revista conta com conselho editorial composto por professores doutores de várias universidades brasileiras. Com periodicidade semestral, tem contado com a participação de artigos que versam sobre diferentes temas concernentes na área de comunicação e informação. A revista se coloca, hoje, como Qualis A – nacional, tendo, por isso, se transformado em um meio de comunicação científica de ponta entre os periódicos científicos da área de Comunicação.

Pós-graduação

A FIC começou a se estruturar nos campos da pesquisa e da pós-graduação a partir de 2002. Naquele ano, foram criados dois cursos de pós-graduação lato sensu: a Especialização em Marketing Político (hoje já extinta) e a Especialização em Assessoria de Comunicação e Marketing (retomada em 2012 e, atualmente, em atividade).

Além de manter cursos próprios, o corpo docente da faculdade participa também de cursos de pós-graduação em outras unidades acadêmicas da UFG. Há professores da comunicação em cursos como: Mestrado em Educação Brasileira, Mestrado em Filosofia Política e Especialização em Políticas Públicas.

Os docentes da FIC também participam ativamente de congressos científicos. Destacam-se participações em encontros da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós) – a edição de 2016 foi realizada na UFG sob a coordenação do PPGCOM da FIC -, da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), da Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (Socine), da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), da Associação Latino Americana de Investigadores da Comunicação (ALAIC), dentre outros.

Strictu Sensu

Assim, surgiu a ideia de criar o Mestrado em Comunicação. A FIC propôs junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) a criação do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu, em nível de Mestrado, em 2003. Sem êxito naquela oportunidade, a equipe de professores da unidade não desistiu do projeto. O grupo se manteve coeso e se reuniu para a melhoria substancial do projeto.

O trabalho prosseguiu até que a criação do curso de Mestrado em Comunicação foi autorizada. Um passo decisivo para o processo de consolidação de uma política de pós-graduação séria e compromissada com a formação de quadros pensantes efetivamente qualificados. Trata-se de implementar uma política construída e defendida pela unidade em torno do tríplice compromisso: com o avanço científico; com a promoção do desenvolvimento econômico, social e cultural do País; com o processo permanente de transformação do modelo social com vistas à consolidação da democracia, da ética e da cidadania.

__________________________________________________________________________________________________________

OBJETIVOS

O Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC) da Universidade Federal de Goiás (UFG) tem por objetivo a capacitação e a formação de profissionais para atuarem no ensino superior, na pesquisa científica, bem como no desenvolvimento de atividades que envolvem o campo da Comunicação.

O PPGCOM oferece, desde 2002, cursos de pós-graduação em diversas áreas da Comunicação e da Informação. Atualmente, o programa oferece dois cursos:

1) Especialização em Assessoria de Comunicação e Marketing

Com carga horária total de 360 horas, o curso oferece aulas às sextas-feiras e aos sábados e tem duração de um ano e meio. Quarenta vagas são oferecidas a cada processo seletivo, que ocorre anualmente.

Os principais objetivos da especialização são: desenvolver uma compreensão crítica do processo de planejamento, criação e implementação de estratégias de comunicação; trabalhar os novos conceitos de assessoria de comunicação; e instrumentalizar os alunos no conhecimento de marketing.

O curso em Assessoria de Comunicação e Marketing é coordenado pela professora Simone Antoniaci Tuzzo e conta com a participação de 12 professores da FIC da UFG.

2) Mestrado em Comunicação

O Mestrado em Comunicação do PPGCOM da UFG tem foco acadêmico e duração de no máximo 24 meses – a realização da banca de qualificação da dissertação é obrigatória até o 18º mês.

O curso integra atividades de ensino e pesquisa, com o intuito de levar o discente ao domínio, aprofundamento e geração de conhecimentos na área da Comunicação, consubstanciados na elaboração e apresentação de um produto final, a dissertação de Mestrado.

__________________________________________________________________________________________________________

INFRAESTRUTURA

O Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC) da Universidade Federal de Goiás (UFG) dispõe de infra-estrutura exclusiva para seus cursos:

  • Três salas para docentes;
  • Três sala para alunos, equipadas com computadores;
  • Laboratório para pesquisa.

Os alunos do PPGCOM da FIC têm à sua disposição uma estrutura espacial própria para seus estudos e pesquisas, com computadores e rede telefônica. Este espaço contém, além da coordenação e da secretaria do programa, a sala da revista Comunicação & Informação e uma sala de aula especial.

Biblioteca

A biblioteca central da UFG oferece 96 computadores ligados à internet.

Acervo:

  • Livros da área de Comunicação: 4.400 títulos.
  • Periódicos: a UFG possui acesso ao Portal de Periódicos Capes, recurso que possibilita a pesquisa bibliográfica avançada em Comunicação e áreas afins. Entre outros, também o portal Web of Science, com permissão de acesso. Em relação aos periódicos impressos, a UFG dispõe de mais de 70 títulos para a área de Comunicação.

Financiamentos

O PPGCOM da FIC já dispõe de recursos anuais oriundos do Ministério da Educação (MEC), da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), da Fundação de Apoio à Pesquisa (FUNAPE), dentre outros órgãos financiadores. Além de financiamento federal, o programa conta também com verba da própria Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio de recursos provenientes dos Fundos Institucional e Local.

Cooperação e intercâmbio

A FIC da UFG mantém uma série de convênios e cooperações nacionais e internacionais, com o objetivo de promover uma maior interação de professores, pesquisadores e alunos em torno da socialização do conhecimento e da participação em projetos integrados. Esses convênios preveem a realização de projetos de pesquisa, intercâmbio de docentes e de acadêmicos, realização de estágios e publicações conjuntas.

Entre muitos, pontuamos abaixo as instituições com as quais a FIC estabeleceu convênios que tiveram participação mais direta de nossos docentes e discentes:

1) Université Michel de Montaigne Bordeau III (França);
2) Universidade de Quebec em Montreal (Canadá);
3) Universidade de Múrcia (Espanha);
4) Universidade Central do Arkansas (Estados Unidos);
5) Universidade de Maputo (Moçambique);
6) Fundação de Rádio e TV do Estado da Ilha de Cabo Verde (Cabo Verde).

Essas cooperações visam facilitar e intensificar os intercâmbios de docentes e pesquisadores, por meio do desenvolvimento de atividades diversas, tais como o intercâmbio de professores e realização de seminários, palestras e cursos de pós-graduação, principalmente de doutorado.

Laboratórios

A FIC dispõe de 14 laboratórios para o desenvolvimento de atividades acadêmicas e, notadamente, atividades de pesquisa. São eles:

  1. Agência Online de Notícias;
  2. Laboratório de Informática;
  3. Estúdio Fotográfico;
  4. Laboratório de Fotografia;
  5. Rádio Universitária;
  6. Estúdio de Rádio;
  7. Estúdio de TV;
  8. Rádio Magnífica;
  9. Web Rádio;
  10. Web TV;
  11. Agência de Relações Públicas;
  12. Agência de Publicidade e Propaganda;
  13. Laboratório de Informática e Telemática;
  14. Centro de Documentação e Comunicação.

 

Listar Todas Voltar